DSC_0283

Prefeita Maria Lúcia acompanha soltura de alevinos em propriedades rurais de Conquista D’Oeste

Numa região em que a bovinocultura segue como principal fonte de renda, um outro segmento tem crescido vertiginosamente, e o que até pouco tempo era tratado como aposta, virou realidade.

No município de Conquista D’Oeste, por exemplo, a piscicultura segue ganhando novos adeptos para o setor. E diante deste cenário, a Prefeitura tem incentivado o novo modelo de produção que aproveita os recursos hídricos, açudes, áreas improdutivas ou de baixa produção, além da utilização de subprodutos da agropecuária.

Recentemente, a prefeita Maria Lúcia (PP) percorreu algumas propriedades rurais para acompanhar a soltura de alevinos das espécies Tambatinga e Jatuarana.

Edson Santiago é um dos produtores que passam a investir no setor, visando a rentabilidade em curto espaço de tempo. “Estou satisfeito e muito ansioso com a nova aposta que estamos fazendo. A gente já sonhava em construir esse lago e graças a Deus estamos recebendo os alevinos. A esperança é que tudo aconteça dentro das normalidades para que possamos ter uma boa rentabilidade”, disse ele.

DSC_0344

Incentivadora do projeto desenvolvido em parceria com as instituições financeiras, a prefeita Maria Lúcia comemora o crescimento do setor em seu município. “A gente acredita neste projeto e por esse motivo, temos apoiado os produtores na medida do possível, principalmente na perfuração e construção dos tanques. E esperamos melhorar ainda mais este suporte, com a chegada do maquinário que a gente está prestes a receber do Ministério da Agricultura”, resumiu a prefeita.

Estudos recentes do Ministério da Pesca apontam que a piscicultura é a atividade que mais cresceu no Brasil nos últimos seis anos: ela cresceu 9% a mais que os demais setores do agronegócio, superando a lavoura com a produção de soja, milho, algodão, e até mesmo a pecuária ou produção de suínos.

Por: Leandro Régis / Da Redação.

 

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*