Nova Chance para a Vida-3

Pacientes bariátricos ganham aliado na luta por cirurgia plástica

Longe de ser um problema apenas de hábitos, apesar da importância de se manter um estilo de vida saudável, muitos obesos optam pela cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como redução de estômago. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande faz os atendimentos cirúrgicos às pessoas obesas. A unidade realiza, em média, seis cirurgias bariátricas por semana, e ainda oferece todo atendimento pré e pós-cirúrgico, sendo referência em Mato Grosso.

A última etapa do tratamento envolve a cirurgia plástica para a retirada do excesso de pele, resultante do extremo emagrecimento. Contudo, o hospital não tem um médico disponível e a fila de pessoas que precisam passar por este procedimento, só aumenta. O deputado Dr. Leonardo (PSD) iniciou uma luta em defesa desses pacientes.

O parlamentar se reuniu com o Grupo Nova Chance Para Vida. O grupo, formado por mais de 800 pacientes, reivindica a disponibilidade de um médico cardiovascular geral, um cirurgião plástico e também, técnico para realização de exames de ultrassom. Atualmente, o hospital conta com o aparelho, mas não tem especialista para conduzi-lo.

Dr. Leonardo, juntamente com o Grupo levaram a demanda ao então secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques. Segundo Dr. Leonardo, que é médico por profissão, a cirurgia plástica é um complemento importante ao tratamento da obesidade e fundamental para a qualidade de vida e autoestima.

“O Metropolitano é excelência no estado na questão do atendimento bariátrico. Ajustando esses detalhes, podemos torná-lo o melhor hospital do país. Estamos aguardando uma agenda com o secretário de Saúde, Luiz Soares que deverá acontecer na próxima semana”, disse.

Lis Ramalho / Assessoria de Imprensa.

Foto: GCOM/MT – Chico Valdiner.

 

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*