2-homens-de-4-marcos-sao-presos-em-caceres-com-caminhonetes-roubadas-no-estado-do-espirito-santo

Moradores de Quatro Marcos são presos com veículos que haviam sido roubados no Espírito Santo

Na noite de terça feira (11/07), por volta das 21h30, a Polícia Militar, após receberem denúncias via telefone de que 02 caminhonetes roubadas, estariam seguindo de Várzea Grande para a cidade de São José dos Quatro Marcos, as guarnições de serviço, juntamente com a ARI (agência regional de inteligência), realizaram vários veículos foram abordados na BR-070, isso em virtude da grande quantidade de veículos roubados que trafegam nessa BR.

Algum tempo depois, os policiais avistaram 02 caminhonetes, de cor branca, com as mesmas características das que foram roubadas, com isso começaram a fazer o acompanhamento aos veículos e em determinado momento, já próximo ao carangueijão (entrada da cidade) realizaram a abordagem a uma das caminhonetes, mas quando estavam abordando o referido veículo, uma outra caminhonete passou e conseguiu seguir até a Avenida Talhamares, mas alguns minutos depois foi abordada por uma outra viatura.

Em conversa com os condutores, sendo de nomes C. G.  de 37 anos, que conduzia a L-200 Triton, de placas PPB- 0389 de Colatina-ES,  e J. A. A., de 32 anos, morador da cidade de São José dos Quatro Marcos, que conduzia a L-200 Triton de placas OTJ-3715 de Uberlândia MG, os mesmos disseram que não eram proprietários dos veículos, que as caminhonetes eram “Dublês”, disseram que foram contratados apenas para transportar os veículos do estado do Espírito Santo, até a cidade de São José dos Quatro Marcos, e só receberiam o dinheiro do “Frete” quando chegassem em Quatro Marcos.

Diante da situação, os suspeitos, juntamente com os veículos foram encaminhados até o Canilfron e lá foi solicitado apoio ao perito de plantão para identificar sinais de adulteração nos veículos, o que foi comprovado posteriormente, após isso, os suspeitos foram encaminhados até a 1ª DP para as devidas providências.

Fonte: Quatro Marcos Notícias.

 

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*