9a9ebb73b8ae28425103ea5ae16271da

Greve Geral: Professores, bancários, motoristas e médicos vão parar

Professores do ensino público nas redes estadual e municipal, além dos universitários, assim como bancários de Mato Grosso, vão cruzar os braços nesta sexta-feira (30/06) de greve geral nacional, quando estão previstos protestos pelo país contra a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista, o presidente Michel Temer (PMDB) e cobrando eleições diretas.

Isso quer dizer que não vai haver aulas e as agências bancárias estarão fechadas na capital e interior.

Na capital, motoristas de coletivos vão atuar parcialmente, assim como médicos. Somente a metade da frota de coletivos vai rodar. A categoria entendeu que, fazendo assim, pode sinalizar que está insatisfeita, sem deixar a população totalmente desguarnecida.

Na área da saúde, unidades de atendimento da atenção básica e ambulatórios de especialidades vão fechar. A informação é a de que consultas marcadas para esta data serão reagendadas. Mas as unidades de urgência e emergência, como UPAs, policlínicas e Pronto-Socorro funcionam em 100%.

Funcionários dos Correios, através do sindicato da classe, também informam que não vão trabalhar, assim como os servidores do Detran. A direção dos Correios não quis se manifestar sobre a posição da empresa, se vai ou não abrir agências.

A última manifestação como esta foi feita em 28 de abril, ou seja, há 2 meses.

Por: Gazeta Digital.

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*