59970c9f202a2b2fba7f93bf506951f9

Governo do Estado passa a beneficiar mais de 43 mil pessoas com o Pró-família

Entre os dias 24 e 28 de novembro, a equipe da Setas realiza a entrega 1340 cartões

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social vai atingir a marca de 7.890 famílias e um total de 43.402 pessoas beneficiadas com o programa Pró-Família, até o final do mês de novembro.

São 20.601 mulheres assistidas, destas 7.185 são chefes de família e responsáveis pelo sustento da casa. Os dados foram obtidos com o levantamento socioeconômico realizado pelas agentes comunitárias de saúde, durante o cadastramento  e seleção das famílias assistidas.

O levantamento demonstrou ainda que o programa implementou uma rede de proteção social em todo o Estado, formada por 1.247 agentes comunitários de saúde, supervisionados dos 114 assistentes sociais. Cabe a esses profissionais realizar o acompanhamento e monitoramento das famílias.

O objetivo do programa Pró-Família, criado pela Lei Estadual n.º 10.523/2017, lançado em maio deste ano, é promover a melhoria das condições de vida das famílias por meio da oferta de um conjunto de ações planejadas de forma intersetorial.

Transferência de recursos

Além do acompanhamento pela rede de proteção, que articula ações intersetoriais de saúde, educação, trabalho, renda e empreendedorismo, o programa faz a transferência direta de renda através do cartão Pró-Família. O cartão confere um complemento de renda no valor de R$ 100 para ajudar na segurança alimentar das famílias beneficiadas.

Os profissionais que integram a rede de proteção, agentes comunitários de saúde e assistentes sociais, também recebem o cartão, como complemento na renda salarial da equipe técnica. O valor repassado é de R$ 100 para agentes comunitários e R$ 300 para assistentes sociais.

A transferência direta de recursos para os municípios é de R$ 947.600,00 mensal. Esse valor fomenta a economia local e gera novos pontos de trabalho. Os cartões Pró-Família só podem ser gastos com gêneros alimentícios nos estabelecimentos comerciais cadastrados pelo Estado.

A titular da Setas, Mônica Camolezi, ressalta a importância do programa para o empoderamento da mulher e sua inclusão sócioprodutiva. “Os dados mostram que a grande parte das beneficiárias são mulheres, que tem a missão de cuidar dos filhos, manter o funcionamento da casa. O programa garante o básico para a alimentação e a possibilidade de mudança de vida com os cursos de qualificação e apoio ao empreendorismo”, destacou a secretária Monica Camolezi.

O governador Pedro Taques destaca que a condição de vulnerabilidade social das famílias é diretamente influenciada e agravada pela falta de acesso as redes de serviços. “O Pró-Família foi pensando para chegar nessas famílias que vivem em situação de vulnerabilidade e prestar esse apoio continuado para superação das dificuldades”, disse Taques.

Próximas entregas

Entre os dias 24 e 28 de novembro, a equipe da Setas entrega 1.340 cartões Pró-Família.

Veja o cronograma com os municípios beneficiados e quantidade de cartões entregues:  Sexta-feira (24.11) – Comodoro (130), Pontes e Lacerda (282) e Conquista d’Oeste (24); Sábado (25.11) – Jauru (70), Porto Esperidião (93) e Araputanga (122); Domingo (26.11) – Reserva do Cabaçal (25), Mirassol D’Oeste (211) e São José dos Quatro Marcos (109); Segunda-feira (28.11) – Rio Branco (26), Salto do Céu (47) e Curvelândia (55).

Por: Katiana Pereira | Setas-MT.

 

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*