02_Site_reformas_escola-750x590

Governo atende Wancley e destina R$ 436 mil para reformas de escolas em Pontes e Lacerda

Recurso do Governo do Estado vai beneficiar as escolas 14 de Fevereiro e Mário Spinelli; deputado Wancley realizou e doou projetos técnicos para reforma das quadras poliesportivas

Foram publicadas no Diário Oficial do Estado, em 29 e 30 de novembro, as autorizações para abertura do processo licitatório para reforma das quadras poliesportivas das escolas 14 de Fevereiro e Mario Spinelli, em Pontes e Lacerda.

A ação do governo do estado atende as reivindicações do deputado estadual Wancley Carvalho (PV). O parlamentar contribuiu ainda, por meio de sua equipe técnica, com a elaboração dos projetos arquitetônicos e memoriais descritivos, itens necessários para aprovação da destinação dos recursos.

Em fevereiro desse ano, o secretário da Seduc, Marco Marrafon, esteve em Pontes e Lacerda e viu de perto a necessidade dessas escolas. “Agradeço ao governo do estado e ao Marrafon por atender esse pedido; quando esteve em Pontes e Lacerda, ele (secretário), se empenhou em destinar esses recursos. Desde então estivemos, com minha equipe técnica, auxiliando e acompanhado de perto os avanços”, pontuou Wancley.

Para a reforma da quadra da escola 14 de Fevereiro serão disponibilizados R$ 302.332,09. Com o valor será possível ampliar a arquibancada, instalar portão de entrada, recuperar telhado e calhas, refazer pinturas das estruturas metálicas, recuperação do piso e pintura, entre outras benfeitorias.

Já na escola Mário Spinelli será realizada a reforma da área externa da quadra poliesportiva, com demolição de muros, substituição do portão de entrada, benfeitorias nas calhas, reformas e pintura de muros, implantação de alambrado, pinturas das arquibancadas, portões, piso, entre outros. O serviço na unidade está orçado em R$ 134.576,05.

As licitações ocorrem em 15 e 19 de dezembro, no auditório da secretaria de Estado de Educação, em Cuiabá. Mais informações podem ser encontradas no site www.seduc.mt.gov.br ou pelo telefone (65) 3613-2512.

Texto: Eduardo Cardoso.

Foto: Karen Malagolli/ALMT.

 

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*