Está Proibido!

O período proibitivo para as queimadas teve início na quarta-feira (15/07) e segue até o dia 15 de setembro, podendo ser prorrogado em razão das condições climáticas conforme nº 191, publicado no Diário Oficial de Mato Grosso. Nas áreas rurais é crime, utilizar fogo para limpeza e manejo é crime passível de seis meses a quatro anos de prisão, com multas que podem variar de R$ 1 mil e R$ 7,5 mil por hectáre. Nas áreas urbanas o uso do fogo para limpeza do quintal é crime o ano inteiro.
A escassez de chuva e dias de sol intenso são fatores que contribuem para o surgimento de Queimadas em todo o Estado como também em outras regiões do País, no entanto a queimada é algo que só acontece se houver uma participação humana, seja ela intencional ou não.
Além de destruições ao meio ambiente, as queimadas também trazem problemas à nossa saúde. Crianças e idosos são quem mais sofrem com a situação, ficando impossibilitados de respirar um ar de qualidade.
Esta época seca e sem chuva já é o bastante para nos deixar debilitados. O calor intenso, sol forte, e com pouca umidade no ar são os responsáveis pela nossa ‘recaída’. Não sendo o bastante surgem as queimadas, castigando ainda mais.
Em temporadas passadas, o estado de Mato Grosso despontou repetitivamente como líder de queimadas em todo o País, algo preocupante. Diversas penalidades foram criadas como forma de punição a infratores de tais veracidades, mas penalidades como multa ou até prisão estão longe de intimidar os infratores.
Além das punições, vários investimentos são feitos anualmente pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) por meio do Governo do Estado na intenção de conscientizar os cidadãos mato-grossenses, para evitar que a Fauna a Flora, e principalmente nós seres humanos saíamos prejudicados.

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*