A Drª escolheu a foto do anexo para a publicação

Drª. Teresinha pede a realização de campanhas de conscientização e combate ao uso de álcool e drogas

Dando continuidade aos trabalhos do Legislativo, a vereadora e médica, Dra. Teresinha Aparecida Nunes da Cunha indicou ao Executivo Municipal durante sessão ordinária do dia 08 de maio, a realização de campanhas para combate e enfrentamento ao uso de álcool e drogas em Pontes e Lacerda. Um trabalho que segundo ela, poderia ser realizado nas escolas públicas do município, alcançando crianças, jovens, adolescentes e consequentemente os familiares.

Em seu pronunciamento, a vereadora falou sobre a importância da campanha combativa e sugeriu que a mesma seja desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saúde juntamente com a Secretaria de Educação. “Temos um cenário preocupante em nossa sociedade, com cada vez mais opções de drogas sendo oferecidas aos jovens, e estes cada vez menos preparados para recusá-las, já que muitas vezes o convívio com familiares ficam comprometidos por passarem longos períodos utilizando aparelhos tecnológicos e redes sociais, quando se fecham em seu mundo e somente aceitam sugestões de pessoas ligadas às redes sociais  ou aquilo que é tido como moda. Por este motivo, indicamos que se realize nas escolas, campanhas que atinjam de forma bastante impactante  crianças, adolescentes, jovens e que também  se estenda as famílias e a sociedade, e sugiro ainda que sejam usados como exemplos casos reais de pessoas que passaram por situações extremas e que  conseguiram superar, e outros que continuam em estado bastante avançado do vício. É importante   esclarecer que as drogas não se referem somente às ilícitas, pois  as consideradas lícitas são sempre uma porta de entrada para as ilícitas, como é o caso do álcool e do tabaco”, disse Teresinha.

De acordo com a vereadora, as bebidas  alcoólicas  tanto  causam dependência, como geram casos de acidentes, violência e destruição do individuo e das famílias, e o cigarro é o causador de inúmeras doença físicas.

Por: Leandro Régis / Da Redação.

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*