Gamalho12

Cuiabá tenta repetir feito histórico de 2015 para avançar na Copa do Brasil

Dourado já reverteu placar desfavorável na Copa Verde e conquistou a competição

A missão é difícil, mas em se tratando de Cuiabá o feito já aconteceu e há pouco tempo. Nesta quinta-feira, o Dourado precisa vencer o Goiás por cinco gols de diferença para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo de ida acabou com vitória de 4 a 0 para os goianos, o que complicou a situação do time mato-grossense.

Em 2015, o Cuiabá viveu situação parecida na Copa Verde. No jogo de ida, foi goleado para o Remo por 4 a 1 no Mangueirão. Na volta, na Arena Pantanal, o troco foi à altura o título garantido: 5 a 1 em uma das maiores viradas do futebol nacional.

– Sabemos que será difícil, mas o Cuiabá já mostrou que pode. Vamos em busca. Estamos com um grande aproveitamento no ano, marcamos bastante gols, sofremos poucos se for analisar todo o ano. Tenho certeza que os atletas entrarão empenhados. Buscar o algo mais e ser decisivo – disse o treinador Roberto Fonseca.

Para o confronto, ele não pode contar com o zagueiro Heverton que acabou expulso no jogo de ida. O zagueiro Douglas Mendes também pode ficar de fora e aguarda julgamento por conta de sua expulsão contra a Ponte Preta, na segunda fase.

No treino desta terça-feira, ele armou o time com mudanças nas duas laterais, no meio e no ataque. Hinestroza e Walber ganharam as vagas de Udson e Richard. No meio, Dakson entrou na vaga de Natan. No ataque, Bruno Veiga entrou no lugar de Robinho. A definição da equipe, porém, só sai no treino desta quarta-feira.

O time pode jogar com Henal, Walber (Richard), Douglas Mendes (Alisson), Sueliton, e Hinestroza (Udson); Carlão, Léo Salino e Dakson; Juba, Bruno Veiga (Robinho) e Cleberson Tiarinha.

Para avançar de fase, o Cuiabá precisa vencer por cinco ou mais gols de diferença. Se o jogo terminar em 4 a 0 a decisão vai para os pênaltis.

Por: Globo Esporte MT.

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*