1568c3ba-220a-40d6-b494-7c37ad3b3e66

Brigada indígena conclui treinamento para atuar em prevenção e combate a queimadas em áreas indígenas de Conquista D’Oeste

No último dia 08, a prefeita Maria Lúcia (PP) e seu vice, Daniel Menezes (PP) receberam em seu gabinete, a superintendente do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) de Cuiabá, Lívia Karina Passos Martins e sua equipe, Marcelo Oliveira, supervisor do Prevfogo (Centro Especializado de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais), o chefe da área técnica, Edvar e os Instrutores, Roberto Abreu e Vanilho Marques.

A Superintendente elogiou a Prefeita pela iniciativa e salientou que é de suma importância essa parceria entre a Prefeitura Municipal e o IBAMA para atuar na capacitação e combate a possíveis incêndios Florestais.

Na mesma manhã deu-se início na T.I (terra indígena) Juininha, Aldeia Três Lagoas, o   processo seletivo que durou toda a semana. Após avaliações médicas, testes físicos e de uso de ferramentas, eles receberam conteúdo teórico e prático para o combate a incêndios florestais.

O conteúdo foi ministrado pelos instrutores do Prevfogo, com ajuda dos intérpretes indígenas. Teve uma carga horária de 40 horas, para a contratação temporária de 10 brigadas, 2 chefes de esquadrão e 1 chefe de brigada de combate a incêndios para atuar naquela T.I, ou em outras caso necessário .

2d2f831b-e168-4f4a-a6ab-7f4178151c9b

Conforme a assessoria do IBAMA, as vagas são destinadas preferencialmente aos indígenas, assentados rurais e para quem conhece as regiões onde as brigadas estão instaladas. As contratações devem durar de cinco a seis meses. Em todo o estado de Mato Grosso cerca de 87 indígenas de três etnias devem atuar no período crítico. Desses, 13 somente em Conquista na T.I Juininha.

Por: Washington Santos/ Assessoria.

Deixe seu Comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*